"Sou eu que começo ou é você que começa? [...] Sou eu que começo! [...] E eu começo como? Eu vou falando por ordem cronológica ou o que me vier na cabeça?"
(Mercedes, personagem de Lília Cabral - Divã, 2009)

O blog mudou no formato. Os textos mais recentes estão abaixo e podem ser lidos na íntegra clicando em Read more... no final de cada postagem.

O restante das postagens estão disponíveis nos links a esquerda. Utilize a ferramenta de busca ou as tags.

Fique a vontade. E volte sempre!

Segredos

terça-feira, 30 de junho de 2009

Um dia eu disse tudo. Noutro não disse nada. Não por birra, mas simplesmente porque tudo já havia sido dito. Então agora parece que me calo, quando apenas espero que tudo se forme de novo.

É uma escolha diária. Você quer seguir qual caminho? A melhor opção foi retirar as vendas. Não tem nada melhor do que saber para onde segue. E você nem imagina como é gostoso poder olhar para as cores. Todas as cores da paleta da vida, não apenas aquele fúcsia que a gente tinha mania.

Entendo que tudo isso possa ser abstinência da minha fala. Não da voz, não do som. Daquilo que vinha junto: os segredos.

Não que o tecido que vendava agora amordaça. Uso como um lenço que balança ao soprar dos ventos, presos na ponta dos dedos. Despeço-me.

Não se assusta, tá. É que escolhi que seria assim agora.

21 pessoas quiseram falar também!:

01 julho, 2009  

Adoro cores!
Adoro NOVAS cores!
Adoro tudo o que pode colorir de um modo diferente!


AMEIII

Maria Fernanda 01 julho, 2009  

Ser assim, nova. Renovada. Inteira, arco-íris.
Acho que essa é a atitude mais demorada que uma pessoa pode decidir tomar: tirar as vendas. Rever o mundo de outra maneira. Difícil.


_
Vim agradecer ao comentário no blog, fiquei bem feliz ao lê-lo. E, menina! Adorei teu canto. As palavras, as entrelinhas, as cores.

Voltarei, sempre.

Beijo de cá ;*

Su 01 julho, 2009  

Mesmo que as cores vivas fiquem em segredo é bom apreciá-las!!!!
Sauudade de vc....

*mudou as cores de novo? rs...

Beijos

G. 01 julho, 2009  

Li umas três ou quatro postagens suas, acabei de descobrir teu blog. Muito bom, gostei bastante, parabéns!

O último parágrafo desse post me prendeu muito. "Não se assusta, tá. É que eu escolhi que seria assim agora.", tão lindo!

G. 01 julho, 2009  

Ah, meus textos são cheios de certa tristeza... Como eu.

Acho que te achei nos comentários de um blog que eu fui comentar, rs.

☆ Sandra C. 01 julho, 2009  

Marisss!
novo lay!
nossa, quanto tempo não vinha aqui.
já vou atrás da Thereza!
preciso te linkar novamente. eu fiz tanta mudança nos meus blogs, que fiquei perdida com os links.

ah, fiz um de blog novo, mas não abandonei o Dixt::.
este é só para filosofias nonsense. hehe.

http://doodleordie.blogspot.com/

@line-;-- 01 julho, 2009  

Um dia a gnt aprende que falar uma vez é mais que necessário. Cabe a nós decidir se vamos continuar falando falando ou se vamos seguir em frente.

Beijinhos

geo. 02 julho, 2009  

que lindo.
eu sei mesmo o que é tentar olhar pra cores. mas também sei o que é não conseguir. e dói.

me sinto meio assim, como você.
gostei bastante daqui, voltarei.

beijo mariana

Hosana Lemos 02 julho, 2009  

'E você nem imagina como é gostoso poder olhar para as cores. Todas as cores da paleta da vida, não apenas aquele fúcsia que a gente tinha mania."

SEI EXATAMEEEENTE como é se sentir assim...é uma sensação de alívio, é bom.

(lindo teu blog, bem organizado ^^)

João Guilherme 02 julho, 2009  

pra falar a verdade, não consegui captar a msg do texto..por isso não vou falar abobrinhas..hehehe..

o layout ficou mto bom! =D

bjoos

Izabela 03 julho, 2009  

Cores que reluzem sentimentos. Ah, como é tão bom tê-las e fazê-las transbordar cada vez mais através de cada ação. Extremamente lindo aqui.

Meu beijo, querida!

Pequena; 04 julho, 2009  

Ainda bem que temos escolhas, e escolher a gente próprio sempre é bem vindo. Vivas as mudanças.

Te beijo Mari.

- bia varanis ♥ 04 julho, 2009  

vc é psicologa né? me adiciona no seu msn? bia_lind_12@hotmail.com

Euzer Lopes 04 julho, 2009  

A vida é feita de escolhas.
Ponto!
E ainda que para cada escolha implique em pelo menos uma renúncia, ainda é bom que escolhas sejam feitas.
Isso significa crescimento.

♥Lidi Dimbarre♥ 06 julho, 2009  

O que seria de nós se não fossem as escolhas,se bem que as vezes nossas escolhas nos colocam pra baixo, mas tudo será sempre um grande aprendizado....

Adoro seu espaço!
Tudo por aqui é muito gostoso de se ler!

Beijos

Narradora 07 julho, 2009  

Decidir ser diferente... que bom que a gente pode.
Bjs

micheline , 08 julho, 2009  

adorei o blog , a criatividade , o post . *-*

seguindo . :*

Luifel 08 julho, 2009  

É bom optar por viver integralmente, e não em fragmentos, em pedaços...

Viva a vida, perfeita, plena, completa!

Bjo!


PS: enfim, voltando à blogosfera

No meio da lanterna dos afogados...
http://biblinotas.blogspot.com

Éverton Vidal 10 julho, 2009  

Oi Mariana!
Tudo bem contigo?
Faz um tempinho que nao venho aqui e passei pra ver as novidades.
Esse texto me falou muito...
Beijo!
Inté!

Menina Misteriosa 26 julho, 2009  

Adorei seu espaço e o título é bacana demais!
E este texto... ah, quanta emoção!
Parabéns!
Espero voltar mais vezes!
Beijos

Postar um comentário

Você também precisa falar? Comente...

Importante

Os textos postados neste blog são de minha autoria. Aqueles que não são, faço referência aos autores e/ou locais onde encontrei. Faça o mesmo e respeite: se copiar, credite.

Os comentários são abertos e o conteúdo dos mesmos não necessariamente expressa a opinião da autora.

Para parcerias e contatos profissionais utilize o formulário do 'Fale comigo'.

Fale comigo

Envie um e-mail diretamente para mim.


Seu nome:

E-Mail:

Mensagem:


Você é sempre bem vindo aqui! Volte sempre que quiser!

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP