"Sou eu que começo ou é você que começa? [...] Sou eu que começo! [...] E eu começo como? Eu vou falando por ordem cronológica ou o que me vier na cabeça?"
(Mercedes, personagem de Lília Cabral - Divã, 2009)

O blog mudou no formato. Os textos mais recentes estão abaixo e podem ser lidos na íntegra clicando em Read more... no final de cada postagem.

O restante das postagens estão disponíveis nos links a esquerda. Utilize a ferramenta de busca ou as tags.

Fique a vontade. E volte sempre!

O mundo animal...

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Um animal só ataca quando se sente ameaçado.
Alguns exalam cheiros fétidos, outros mostram suas garras, uns expelem espinhos...

Os animais racionais usam das palavras.


...e eu nem precisei estudar psicologia para saber disso.

14 pessoas quiseram falar também!:

Geminiana Doce 17 julho, 2008  

Adorei!!!!
Vc como sempre arrasando!!!uhu
Bjose um lindo fds

Natiih 17 julho, 2008  

Gostei...verdade!
:D

Beijos.

Amanda Guerra 17 julho, 2008  

Ah, os racionais nem precisam se sentir ameaçados, vá...

atacar é mais uma forma de preencher algo dentro dos seus vazios infinitos...

enfim...

=*

Amanda Guerra 17 julho, 2008  

psicóloga, eu? só frustrada, mesmo!! rsrsrsrs

Na verdade eu comecei a faculdade de letras, e com aquelas matérias mínimas de psicologia da criança e do adolescente eu descobri uma paixão! Saí lendo tudo que eu podia, e hoje sonho em começar a minha faculdade de psicologia... vai demorar um pouquinho, porque vou terminar a outra antes...

Mas de vez em quando me batem umas crises, e eu fico analisando as pessoas na fila do supermercado, no banco, essas coisas loucas!!! rsrsrsrs

Estudantes de psicologia e de direito têm esse problema em comum, né, querem sair por aí ¨consertando¨o mundo, mas na maioria das vezes pioram tudo! =P


Enfim, boa sorte pra você!!! Aliás, boa sorte pra gente, nessa loucura que escolhemos!

Beijoooos

Confraria do Grito 17 julho, 2008  

E as palavras podem feder ou podem machucar bastante, como se fossem garras e espinhos.

Lígia Carvalho 17 julho, 2008  

ando me defendendo...
perfeita a id�ia...

Clecia 17 julho, 2008  

Os animais racionais, nós humanos, estamos cada vez mais irracionais.Triste realidade.Um abraço!

Dama de Cinzas 18 julho, 2008  

oa machos usam muito mais que palavras... rs

Bjs

.a negra. 18 julho, 2008  

Até pq certas palavras entrem mais profundas que agressões ou mais...
o.O

Bjuu

Luifel 18 julho, 2008  

Os racionais usam as palavras...vc tem certeza disso? Atualmente num sei se usam as palavras só não...

Usam as palavras pra ofender e às vezes, o braço pra bater e até arma pra matar...

E num precisa estudar psico pra saber disso naum, só precisa viver mesmo.

Bjs

Susanna Martins 18 julho, 2008  

As palavras doem mais que qlqr garra!!!
Beijoooos

Ultra Violet 19 julho, 2008  

O senso comum tem sua sabedoria.Muitas das habilidades de um profissional de Psicologia, não se aprende numa faculdade.

Ser psicólogo é algo que exige sensibilidade. O exercício da profissão nos torna pessoas diferentes,mas não melhores ou piores que os outros. às vezes menos pacientes e intolerantes com os mais próximos, porque somos treinados a perceber o impercetível, olhar para o viés do aparente e ler nas entrelinhas.Assim,acabamos por perceber nossa própria fragilidade, pois somos tb mortais.

Mas, é indiscutível que devemos ter a capacidade de saber ouvir as pessoas, a despeito de nossos próprios problemas e carências.

Ih, dei uma de psicóloga agora...rs

Bjs.

Leonardo Werneck 19 julho, 2008  

Um animal racional usa as palavras?
Por isso tenho meu blog, escrevo aquilo que penso e acredito. Se ataco ou não, é questão de ponto de vista.

Quando escrevo, faço antes pra mim do que para os outros, mas se de alguma forma a pessoa tomou meus escritos para sí, é pq incomodei. Então o problema já não é mais meu.

Beijos

*Raíssa 21 julho, 2008  

Post pequenino, mas perfeito e ferino! Sempre pensei assim.

Beijos

Postar um comentário

Você também precisa falar? Comente...

Importante

Os textos postados neste blog são de minha autoria. Aqueles que não são, faço referência aos autores e/ou locais onde encontrei. Faça o mesmo e respeite: se copiar, credite.

Os comentários são abertos e o conteúdo dos mesmos não necessariamente expressa a opinião da autora.

Para parcerias e contatos profissionais utilize o formulário do 'Fale comigo'.

Fale comigo

Envie um e-mail diretamente para mim.


Seu nome:

E-Mail:

Mensagem:


Você é sempre bem vindo aqui! Volte sempre que quiser!

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP