"Sou eu que começo ou é você que começa? [...] Sou eu que começo! [...] E eu começo como? Eu vou falando por ordem cronológica ou o que me vier na cabeça?"
(Mercedes, personagem de Lília Cabral - Divã, 2009)

O blog mudou no formato. Os textos mais recentes estão abaixo e podem ser lidos na íntegra clicando em Read more... no final de cada postagem.

O restante das postagens estão disponíveis nos links a esquerda. Utilize a ferramenta de busca ou as tags.

Fique a vontade. E volte sempre!

Coloque seu pé gelado no meu.

sábado, 21 de junho de 2008


Me olhe assim desse jeito que me olhou hoje. Me diga sempre estas frases que hoje você me disse. Eu sempre busquei esse olhar. Busquei em outras pessoas por muitas vezes, mas o que eu sempre quis era o teu.


Me olhe assim de novo. Estique tua mão para traz em busca da minha. Me coloque do teu lado. Me ponha no colo como você colocou aquele dia. Diga que me adora, me faça um cafuné. Eu gosto de sentir a tua presença, de ouvir a tua voz.


Você quase não me liga. Quando liga faço festa, mesmo quando liga para brigar. Eu gosto de te avisar onde vou, mesmo quando isso vira obrigação.


Eu sei que faço parte dos seus pensamentos todos os dias. Você faz parte do meu. Eu te culpo, te responsabilizo pelos meus defeitos, meus erros. Você me culpa, me responsabiliza pelas suas falhas.


Coloque seu pé gelado no meu. Eu reclamo sempre que acontece só para não entregar o quanto gosto deste seu carinho, da sua aproximação.


Me olhe sempre assim? Com olhar de quem me ama incondicionalmente...

10 pessoas quiseram falar também!:

Narradora 22 junho, 2008  

Lindo texto Mariana.
Pequenos gestos inversamente proporcionais aos significados.
Bjs

Clecia 22 junho, 2008  

LIndo texto!Que romântico!Ah o amor! :) Bjos e um lindo domingo!

Vinícius Aguiar 22 junho, 2008  

Excelente Mari! amar é sempre maravilhoso e torna a vida diferente, mesmo diante dos possíveis desentendimentos e diferenças... parabéns por ser capaz disso!
um beijo!

Leonardo Werneck 22 junho, 2008  

Bonito texto Mariana, mas de pé gelado eu fujo igual diabo foge da cruz! rs

Beijos

Ultra Violet 22 junho, 2008  

É só deixar esquentar o teu pé. Antes o pé do que o coração.

Belo texto.

Bjs.

Marco Antonio 22 junho, 2008  

Ah psicóloga... me explica isso aí!
Esse lance de ficar na defensiva...
Mas que bonitinho esse texto.

Aline 22 junho, 2008  

Oie!
Tem selinho EXCLUSIVO pra ti no meu vestido, ok?
Vá lá buscar!

bjm

Susanna Martins 23 junho, 2008  

O olhar sempre diz tudo! Sentir falta de uma olhar que qria apenas dizer "te amo" é normal.
O amor é assim, envolvente e encantador. Faz o coração bater mais rápido, nos deixa radiante e procurando a pessoa amada só pra sentir pertinho da gente!!
O coração se aquece ao ter a pessoa amada ao lado, nem só o coração mas como tuuudo!
abraços
Sú Martins

Luifel 23 junho, 2008  

Ah, l`ammor!

É sempre táo bom estar com quem se ama.

Bjs moça!

http://biblinotas.blogspot.com

.Intense. 23 junho, 2008  

Me deu vontade de chorar. Revelou na lata minha carência em excesso, que está no modo on, e mesclada com saudade, não dá em nada que preste.

Esse post e o debaixo. Eu queria o poder do tempo. Não pra voltar, nunca. Mas pra adiantar.

Postar um comentário

Você também precisa falar? Comente...

Importante

Os textos postados neste blog são de minha autoria. Aqueles que não são, faço referência aos autores e/ou locais onde encontrei. Faça o mesmo e respeite: se copiar, credite.

Os comentários são abertos e o conteúdo dos mesmos não necessariamente expressa a opinião da autora.

Para parcerias e contatos profissionais utilize o formulário do 'Fale comigo'.

Fale comigo

Envie um e-mail diretamente para mim.


Seu nome:

E-Mail:

Mensagem:


Você é sempre bem vindo aqui! Volte sempre que quiser!

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP