"Sou eu que começo ou é você que começa? [...] Sou eu que começo! [...] E eu começo como? Eu vou falando por ordem cronológica ou o que me vier na cabeça?"
(Mercedes, personagem de Lília Cabral - Divã, 2009)

O blog mudou no formato. Os textos mais recentes estão abaixo e podem ser lidos na íntegra clicando em Read more... no final de cada postagem.

O restante das postagens estão disponíveis nos links a esquerda. Utilize a ferramenta de busca ou as tags.

Fique a vontade. E volte sempre!

Qual é a parte da sua estrada, no meu caminho?*

segunda-feira, 29 de março de 2010

Quanto tempo tu ficará por aqui? As vezes parece que você vai embora em minutos... E isso me dá um certo desconforto. Mesmo que eu compreenda racionalmente que talvez sua ida seja inevitável. E eu aposto comigo mesma sobre quanto tempo durará sua estadia em meus pensamentos.
Um mês? Dois? Ficaria para sempre? Sempre é tempo demais, não é mesmo? Mas e se quisessemos....E se tivessemos programações para todos os dias até para sempre? Impossível......

Qual é a parte da sua estrada, no meu caminho?* O que será que você veio acrescentar para mim neste momento? De qual tempestade veio me salvar?


Será que vai doer o dia que você partir? É tão perigoso pensar sobre isso, quando já se aprendeu que tudo, no começo, é nada! E sendo nada, que dor traria?

Será ainda o começo?


*trecho da música "Quase nada amor - Zeca Baleiro"



8 pessoas quiseram falar também!:

Luna Gandra # 29 março, 2010  

Essa música é linda demais. E esse maranhense só me dá orgulho com uma música mais bonita que a outra.

Marco Antonio Araujo 29 março, 2010  

Poxa Mari, acho que estamos em sintonia mesmo. Andei pensando nesse assunto há alguns dias. Você sabe, sobre planos... sobre amores eternos enquanto duram... quanto tempo uma pessoa fica na sua vida, qual legado ela deixa...
E tantas músicas vem à cabeça... Que essa do Zeca Baleiro seja mais uma!

Belo post!

SAL 30 março, 2010  

Mari... esse texto me fez repensar aqui nas palavras de um amigo... ele diz "não ao luto dos amores perdidos, pq esses, são sinônimos de amores achados".

E isso me acalenta muito quando eu "cobro" do tempo um "pra sempre" que se acaba! (como diz a musica do Renato Russo, cantado pela Cassia)

Meu "conselho" imprestável? APROVEITE O HOJE! Sem pensar em amanhã... Não seja inconsequente, mas também não se torture com um futuro que (por mais que a gente faça planos) é incerto.

bjo

Accácia 30 março, 2010  

Lindo texto e nos faz avaliar:até onde vale a pena se entregar ao outro sem medir consequencias?
Pra refletir e por em prática!
Beijo!

:) 30 março, 2010  

A gente nunca sabe...o que sabemos é que às vezes damos tempo demais a quem veio apenas por uma temporada...mas aí a culpa é nossa!

Amo-te tbm
bjão

Paty 30 março, 2010  

Tudo isso é bem variável. Eu por exemplo, apostei tempo e dedicação demais, para alguém que, no fim das contas, jogou para o alto 2 anos a fim de ficar com outra por uma temporada... vai entender! Mas aproveite, acho eu. Se a gente medir demais, também não faz nada né? Claro que, se acabar, vai dar um pouco de arrependimento... mas tudo isso é tão normal... foi tão forte comigo que se acontecesse de novo, quase nem sentiria. Alguma coisa sempre serve pra gente aprender :)

Beijos!

Daniel Braga 30 março, 2010  

Hey, adorei o post! Muito bom. Tem tempos que não passo por aqui. Tirei um atraso. HAha.

~Até mais ver.

*DB*

João Guilherme 31 março, 2010  

aeee..

demorei um pouco pra ver o novo layout definitivo!!

ficou lindo! =)

post um pouco triste..
gostei de td!

bjooos

Postar um comentário

Você também precisa falar? Comente...

Importante

Os textos postados neste blog são de minha autoria. Aqueles que não são, faço referência aos autores e/ou locais onde encontrei. Faça o mesmo e respeite: se copiar, credite.

Os comentários são abertos e o conteúdo dos mesmos não necessariamente expressa a opinião da autora.

Para parcerias e contatos profissionais utilize o formulário do 'Fale comigo'.

Fale comigo

Envie um e-mail diretamente para mim.


Seu nome:

E-Mail:

Mensagem:


Você é sempre bem vindo aqui! Volte sempre que quiser!

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP