"Sou eu que começo ou é você que começa? [...] Sou eu que começo! [...] E eu começo como? Eu vou falando por ordem cronológica ou o que me vier na cabeça?"
(Mercedes, personagem de Lília Cabral - Divã, 2009)

O blog mudou no formato. Os textos mais recentes estão abaixo e podem ser lidos na íntegra clicando em Read more... no final de cada postagem.

O restante das postagens estão disponíveis nos links a esquerda. Utilize a ferramenta de busca ou as tags.

Fique a vontade. E volte sempre!

Depois do depois.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Eu não consigo te encarar, você percebeu? Não sei explicar, mas sempre quando você está eu me desconforto em te olhar quando você fala. Isso me intriga. Logo eu, que sempre te pedi para me olhar nos olhos, agora não consigo te encarar.

E também senti que nossos corpos se repelem. Nosso cumprimento fica distante, entre um acenar e, no máximo da nossa intimidade, um beijo no rosto. Sem abraços. Um beijinho na bochecha direita. Mal me lembro a última vez que nos abraçamos. E pensar que foi assim que tudo nasceu: eu correndo e você me abraçando. Pura inocência.

E a gente quase não fala. Nos envolvemos na conversa dos outros. O que é engraçado quando se trata da minha pessoa e da sua. Dois falantes.

Eu percebo que você nota quando minhas mãos se entrelaçam em outra. E eu reconheço que alguma coisa acontece comigo quando as suas mãos se entrelaçam em outras. E fico pensando: se houveram vezes em que fiz de propósito...quantas vezes você também não teria feito por pura provocação?

Provalmente essa coisa de não olhar, não falar e não tocar lhe pareça alguma coisa. Será que você percebeu tudo isso? Será por isso que sempre um de nós se retira antes do tempo?


Qualquer dia eu te conto que ainda guardo aquele bilhete na carteira.

19 pessoas quiseram falar também!:

Juan Carlos 27 abril, 2009  

Simplesmente lindo, Mari...
^^
Escreve muitíssimo bem...
beijos beijos

27 abril, 2009  

Então ja ta na hora de parar de brincar de esconde-esconde vcs dois

=)

Dri~ 27 abril, 2009  

Lhe recomendo um olho no olho, bem sincero! :]

Abras Moça!
Otimo Texto!
Beijão Gigante!

Afobório. 27 abril, 2009  

olá.
acho que é preciso conversar.


sorte e luz.

Su 27 abril, 2009  

Olhares, encontros, laços entre abraços... Sempre vai ficar algo não dito e não vivido, mas sempre vem a resposta, ou como vc disse: "o depois do depois!"

Beijos, Flor!!!
Sauudades de vc!!!

alex e! 27 abril, 2009  

...engraçado, pois outro dia pensava coisa bastante parecida, e o teu conto veio ao encontro de meus botões: enquanto a intimidade não se revela, tecem-se fios que nos entretecem ao outro. Porém, descoberto o segredo, assusta-se a alma e aqueles fios, tão emaranhados quanto frágeis, rompem-se num repente, transformando todo gesto em paraísos artificiais. O que fazer, então? Bom, de fato não sei, mas estender um fiapo de olhar, tecendo sorrisos, talvez seja uma maneira de (re)começar. E que dessa vez não haja sustos...

bju do alex......

Ciça. 27 abril, 2009  

Tenho isso com um cara que tive um lance.. Sempre ficamos desconfortáveis quando estamos perto.


:*

.Dazinha. 27 abril, 2009  

que doce, doce doce e doce.

a gente sempre guarda né? o papel amassado, o guardanapo rabiscado, a foto esquecida,rs.

;*

@line-;-- 27 abril, 2009  

Timidez? Será?

Liberte-seeee! rs...

Bjm

Flavia Melissa 27 abril, 2009  

Maricotilda, que saudade!

Ando mais ausente do que nunca, mas você anda fantástica... sempre passo mas nem sempre comento, mas hoje reslvi deixar um beijo porque esse seu post me levou às lágrimas...

Não gostei do ponto final no título, me deixou triste demais em pensar que depois do depois existe um adeus.

Beijos, cuide-se!

Geminiana Doce 27 abril, 2009  

que coisa mais linda Mari,seus textos são ótimos e sempre consigo captar a emoção deles...
parabéns

Rafaella! 28 abril, 2009  

achei o seu blog! e achei liiiindo, esse post é muito mara, parece alguma coisa parecida comigo, uma história assim, com os mesmos sentimentos ;S acabei de fazer um blog, vou passar a ler sempre oque voce escreve, e voce é piscicologa né, deve entender de sentimentos! beeeijo *-*'

N. Mylonas 30 abril, 2009  

Agarra logo !
Pra que ficar nesse chove não molha.
Vai tentar ser feliz !!

Beiijoos.

Rafaella! 30 abril, 2009  

aa, eu tava um blog queeu não lembro o nome :S ae eu vi o seu, entrei, li e gostei (:

beeijoo!

BrunnOo' 30 abril, 2009  

aiiin *--* que lindo isso cara. perfeito tudo que vooce disee ! melhoor impossivel.. perfeito. 9desculpa a invasão, adorei seu blog se quiser me add como seguidor, eu soo seu seguidor agora !)
voou ler todos seus post amoor (desculpa intimidade tbm) asusoiuasoia' =)

Perfeito isso. Beijoo da uma passada lá no "Com o pé na grama"
lembra que eu só so um precipiante vio, num sei faze ainda post como o seu. ;)

Beijoooo
sioausoiausoiausi'
sz'

carla m. 01 maio, 2009  

Sabe de uma coisa, minha experiência me diz que quando tu contar, não vai mais ter o bilhete na carteira.

beijo

Maldito 01 maio, 2009  

Conta logo,...e aproveita e conta tb o que tem no bilhete!
Bjs

Ruberto Palazo 01 maio, 2009  

Prima prima prima... quantas vezes já engoli palavras, recolhi olhares e deixei de dizer o que queria... por medo? Nao, mas por achar que nao era o momento...
Só depois percebi que nao existe momento, existe o instante e é nele que vivemos... entao se surgir a oporutnidade, olhe e diga..... vai por mim, VALE A PENA!

Beijos

Eolo, Senhor dos Ventos... 04 maio, 2009  

Muitas vezes, as palavras tiram a graça do jogo. Os olhares, os toques, a mão no cabelo, a mordidinha nos lábios. É tudo calculado, é tudo pra fazer parecer maior.

De que vale a vida sem mistérios?

Beijo

Tá muito fofo isso.

^^

Se cuida.

Postar um comentário

Você também precisa falar? Comente...

Importante

Os textos postados neste blog são de minha autoria. Aqueles que não são, faço referência aos autores e/ou locais onde encontrei. Faça o mesmo e respeite: se copiar, credite.

Os comentários são abertos e o conteúdo dos mesmos não necessariamente expressa a opinião da autora.

Para parcerias e contatos profissionais utilize o formulário do 'Fale comigo'.

Fale comigo

Envie um e-mail diretamente para mim.


Seu nome:

E-Mail:

Mensagem:


Você é sempre bem vindo aqui! Volte sempre que quiser!

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP